Malnutrition_and_Consequences_hero.jpg

Malnutrição e consequências

Aprenda a identificar os sinais

A malnutrição pode afetar qualquer pessoa 

Muitas vezes, apenas detetamos uma nutrição inadequada quando a roupa e acessórios se tornam demasiado largos ou quando o cinto já não prende no mesmo furo. No entanto, o cansaço, a apatia e o stress também podem ser indicadores de deficiências nutricionais.

Qualquer dieta que não permita atingir as necessidades nutricionais é um fator de risco de malnutrição. Assim, a malnutrição está presente nos países industrializados, onde também a nutrição inadequada e as deficiências de alguns nutrientes são comuns. 
 

Quem apresenta um maior risco? 

  • Pessoas idosas que vivem sozinhas ou institucionalizadas
  • Pessoas com: dificuldade na mastigação e/ou na deglutição, perda de apetite e/ou rejeição alimentar, alterações na mobilidade, stress psicológico ou depressão, alteração do paladar e/ou olfato, polimedicação (uso de diversos medicamentos em simultâneo)
  • Adultos após um acidente vascular cerebral 
  • Pessoas com doenças neurológicas, tais como demência ou doença de Parkinson

Quais são os sinais de alerta?

  • Perda de peso não intencional nos últimos 3 a 6 meses
  • Perda de apetite e/ou rejeição alimentar
  • Fraqueza muscular 
  • Cansaço persistente
  • Alterações de humor 
  • Aumento de doenças ou infeções

Saiba como o João obteve ajuda

O João sentia-se frequentemente cansado e apático, e apresentou várias vezes desculpas para não se encontrar com os seus amigos. No entanto, o seu amigo Manuel continuou a visitá-lo regularmente e recomendou que o João consultasse o seu médico ou nutricionista.

Uma longa conversa ajudou o João a esclarecer as alterações que sentia. Ele reconheceu a importância de uma nutrição suficiente e adequada para a sua saúde, e esse conhecimento permitiu que mudasse os seus hábitos e recuperasse força e energia.

  

JohnFlowers_02.jpg